The Fresh Planet :: Blog
alimentos congelados

Aprenda a congelar alimentos da maneira correta

Você sabe a maneira correta de se congelar alimentos? Com a correria do dia a dia, o congelamento de alimentos é uma praticidade. Podemos fazer o congelamento de alimentos saudáveis, fazendo com que fiquem mais práticos e rápidos de serem consumidos, a fim de evitar o consumo dos congelados industrializados. O congelamento feito de maneira correta ainda evita contaminações e ajuda a preservar o sabor e a textura dos alimentos.

Você pode congelar alimentos como: carnes, vegetais, molhos, sopas, entre outros alimentos, mantendo os seus nutrientes, seu sabor e sua textura original. Com o congelamento, você ainda otimiza o espaço no seu congelador ou freezer.

Dá um pouco de trabalho na hora de preparar o congelamento de alguns alimentos, pois alguns tem que ser picados e passar pelo processo de branqueamento (explicação em seguida) mas no dia a dia vai ficar muito mais prático, sem que você abra mão de alimentos saudáveis!

alimentos congelados

DICAS:

  • Nunca se deve tentar congelar alimentos que já foram descongelado.
  • Separe os alimentos a serem congelados em porções suficientes para o seu consumo próprio ou de sua família, evitando o desperdício.
  • Utilize potes ou sacos plástico para fazer o congelamento. No caso dos potes, procure encher o máximo possível, não deixando espaço para acúmulo de ar, o que pode prejudicar a conservação do seu alimento. Ao utilizar sacos plásticos, retire todo o ar e depois dê um nó bem fechado ou prenda com materiais revestidos de plástico.
  • Cuidar ao temperar o alimento antes de congelá-lo pois o congelamento faz com que o sabor dos temperos fiquem mais apurados.
  • Lembre de colocar etiquetas com o que é, a data de congelamento e a validade em cada embalagem a ser congelada.
  • Existem alimentos que não devem ser congelados, alguns exemplos são saladas cruas, gelatinas, ovos, pudins e creme de leite. Outros alimentos perdem a textura quando congelados, são eles: macarrão sem molho, pepino, tomate, batata, iogurte, alface, entre outros.
  • Procure congelar qualquer alimento, da forma mais plana e achatada possível. Assim, o alimentos irá congelar e descongelar mais rapidamente. O melhor material para conseguir este resultado é o saco plástico próprio para congelamento de alimentos.
  • As carnes precisam ser completamente descongeladas antes de ser cozidas, portanto não leve a mesma diretamente do congelador à frigideira.
  • Se você esqueceu de deixar o alimento descongelando na geladeira, não se preocupe, há um método mais rápido de descongelamento: sem tirá-lo do recipiente, coloque o alimento dentro de uma tigela de água em temperatura ambiente. Troque a água a cada 30 minutos para evitar que ela fique muito gelada (não coloque água quente, pois isso pode aquecer a superfície do alimento, iniciando a cocção e favorecendo a proliferação de bactérias).
  • Não congele alimentos quentes, deixem que esfriem primeiro para depois colocá-los em suas embalagens para que sejam congelados.
  • O congelador (que fica acima da geladeira) tem uma temperatura um pouco mais alta do que o freezer. Por isso, é recomendado para armazenagens mais curtas, de uma semana no máximo. Se a intenção for guardar o alimento por mais tempo do que isso, o ideal é utilizar o freezer sempre que possível.
  • Procure não amontoar muitos recipientes no congelador ou freezer, o ar gelado precisa circular sem dificuldade para preservar todos os alimentos da mesma forma.
  • Uma boa dica para facilitar as preparações do dia a dia  é congelar temperos frescos. Você pode colocá-los já picados em potes plásticos e adicioná-los diretamente aos pratos quentes ou então preparar cubinhos de ervas com azeite na forma de gelo. Você pode fazer caldos de carnes e legumes da mesma forma, evitando usar os industrializados.
  • Congele frutas e use-as para substituir o gelo em sucos ou dar mais consistência a smoothies feitos no liquidificador.
  • Se você costuma usar vinho em algumas preparações, uma boa dica é congelar alguns cubos de vinho, evitando de abrir uma garrafa só para este fim. Para utilizar, é só colocar diretamente o cubo dentro da panela.
  • Procure organizar os congelados mais antigos à frente para que sejam consumidos antes.
  • Congele frutas, legumes, verduras e grãos espalhados sobre bandejas ou assadeiras. Depois de congelados, coloque-os em sacos limpos.

COMO CONGELAR ALIMENTOS:

congelar frutas

> Frutas

Ao colocar frutas para congelar você deve retirar a casca sempre que forem duras, grossas ou quando não forem comestíveis. Retire também o caroço, e separe em quantidades proporcionais ao que você for usar cada vez que retirar do congelamento. As frutas podem ser picadas antes de serem congeladas, isso facilita na hora de colocar no liquidificador ou cozinhar.

Ao descongelar, deixe o recipiente fora da geladeira, em temperatura ambiente, ainda dentro da embalagem. As frutas costumam perder sua textura original, portanto o mais aconselhável é utilizá-las em preparações como molhos, sucos, bolos…

congelar vegetais

> Legumes e verduras

Alguns vegetais, antes de serem congelados, precisam passar pelo processo de branqueamento. Isso vai evitar com que eles saiam esbranquiçados depois de serem descongelados.

O processo de branqueamento é o seguinte: depois de higienizar o alimento, coloque água para ferver e em outro recipiente tenha água gelada. Mergulhe os vegetais que deseja congelar em água fervendo, dando um susto, e logo depois mergulhe-os na água gelada. Depois enxugue bem e coloque os vegetais porcionados em saquinhos. Importante lembrar que eles podem se manter congelados por até 90 dias.

congelar carnes

> Carnes

As carnes cruas podem permanecer congeladas por até 3 meses, enquanto as cozidas podem ficar até 6. Elas podem ser congeladas inteiras ou em porções e pedaços. O  ideal é que antes de congelar você porcione as carnes em pequenas embalagens, facilitando na hora de consumir e evitando o desperdício.

Para descongelar, retire um dia antes do dia que deseja utilizar e deixe descongelando dentro da geladeira. Ao preparar é só levar ao forno ou microondas.

A regra do tempero também vale para as carnes, tome cuidado!

> Pães e afins

Não deixe o pão de forma estragar, congele uma parte dele, principalmente nos dias mais quentes onde a proliferação de fungos é mais comum, fazendo com que os alimentos durem menos.

Vale lembrar que tortas, bolos, pão de queijo e salgadinhos fritos também podem ser congelados. Para utilizá-los, descongele diretamente no forno para evitar que fiquem murchos.

 

Com informações: Miss Fit Blog, bolsa de mulher

 

 

 

 

Simone Povoas

DreamHost